janrose

janrose

6 Passos para Organizar sua vida financeira

Olá Amigo(a),
A Educação financeira pode transformar a vida de qualquer pessoa, para MUITO MELHOR. E nada melhor que iniciar com uma boa organização, esse é o 1º passo:
ORGANIZAR SUA VIDA FINANCEIRA!
O sonho de qualquer pessoa é ter uma vida equilibrada, poder comprar o que quiser, a hora que quiser e ainda sobrando algum dinheiro para guardar/investir. O problema é que a grande maioria das pessoas não vive nessa situação, bem pelo contrário, vivem em uma situação difícil e com muitas dívidas, justamente por não teremos organização e educação financeira.
A ótima noticia é que organizar sua vida financeira não é uma tarefa difícil, na verdade, é bem simples, e abaixo vamos passar algumas dicas, que se colocadas em prática, certamente te guiarão para o sucesso financeiro.
O objetivo dessas dicas é mostrar que qualquer pessoa pode fazer isso, independente de quanto ganha por mês.
 
1º Dica: Defina objetivos Financeiros:
De nada adianta saber o que e como fazer se você não sabe onde quer chegar. Para quem não sabe onde ir, qualquer lugar serve. A definição de objetivos financeiros permite você transformar seus sonhos em valores monetários, onde você saberá exatamente quanto precisa e quanto falta para seu objetivo. É importante que seus objetivos sejam racional, escolha, primeiro, os objetivos mais importantes para melhorar sua saúde financeira e também leve em consideração  os conflitos que suas escolhas causará. Será que trocar de carro beneficiará mais pessoas a sua volta do que comprar sua casa própria (exemplo).
E tenha consciência que seu maior aliado para alcançar seus objetivos será o TEMPO.

Foco nos seus objetivos, aliado ao tempo, e ao seu trabalho, é sucesso garantido!

 
2º Dica: Elabore seu orçamento:
Após definir seus objetivos financeiros, siga à risca seu orçamento, geralmente a elaboração de um orçamento é feita em 3 passos:

  • (1) Identifique como você está gastando seu dinheiro atualmente
  • (2) Avalie seus gastos atuais e defina metas de despesas que levem em conta seus objetivos definidos na 1º DICA.
  • (3) Acompanhe de perto suas futuras despesas  para assegurar que estejam dentro do planejado.

Para você que trabalha com vendas, e não tem um ganho mensal fixo, funciona da mesma forma, porém terá que acompanhar e alterar seu orçamento conforme as vendas do mês. A vantagem é que em meses de maior venda você terá mais dinheiro e poderá guardar/investir para se aproximar ainda mais de seus objetivos financeiros.
3º Dica: Controle suas Dívidas:
Manter o controle de suas dívidas é essencial para o sucesso do seu planejamento.
É importante ter a consciência que existem as dívidas boas (financiamento da casa própria (exemplo)) e as dívidas ruins (dívidas com cartão de crédito, financiamento de carro(exemplo)), sendo necessário se livrar das dívidas ruins o quanto antes. E sempre comece pagando as dívidas que tenham os juros maiores.
4º Dica: Faça uma reserva de emergência:
Como o dia de amanhã a Deus pertence, e não sabemos o que está por vir, nada melhor que estar preparado caso algum imprevisto aparecer. O objetivo de ter uma reserva de emergência é justamente para se preparar para emergências financeiras, como algum problema de saúde, algum gasto extra que não estava no seu orçamento , etc.
É importante ter tranqüilidade em momentos como este e uma reserva de emergência garante isso.
Mas lembre-se, a reserva de emergências é somente para emergências.
5º Dica: Tenha Disciplina:
Acreditamos que essa é a dica mais valiosa, todas as outras são importantes mas sem disciplina é impossível seguir um planejamento e alcançar o sucesso.
Muitas vezes por falta de disciplina, sabotamos nosso próprio plano, deixando de investir ou guardar o dinheiro que havíamos programado, gastando mais do que havíamos previsto. Isso pode causar grandes danos nos seus objetivos financeiros.
6º Dica: Seja Equilibrado:
O principal objetivo em organizar sua vida financeira é viver bem tanto tanto no presente quanto se preparar para estar bem no futuro.
Ao investir nosso dinheiro, devemos investir o montante entre objetivos a curto prazo (viajar ou trocar de carro) mas também os de longo prazo (aposentadoria).
Entre viver e juntar dinheiro, fique com os dois. (abordaremos esse tema em uma próxima postagem)
Lembre-se, invista em sua educação financeira, é fundamental ter uma base sólida para poder chegar em seus objetivos, sem dúvida, qualquer valor gasto com sua educação financeira não é um custo mas sim um investimento.
Recomendamos a leitura do livro “Pai Rico, Pai Pobre” e “Os segredos da Mente Milionária”.
Comece hoje. Quanto mais tempo você levar  para identificar seus objetivos financeiros e começar a trabalhar neles, maior será a dificuldade para alcançá-los. Além disso, o tempo ficará contra você e o TEMPO deve estar ao seu lado sempre.

De o primeiro passo, por menor que ele seja, o levará a um lugar diferente do que você está.

 
Sucesso sempre!
Thiago Zonin
 

Compartilhe este post